Enquanto isso em Ipanema…

A treta rolou hoje a tarde em Ipanema. Segundo a descrição do vídeo, a guarda municipal foi quem promoveu (ou tentou) um arrastão na praia. Lá embaixo segue um trecho do relato do cara que publicou o vídeo. Um tanto atravessado, mas perspicaz a reflexão do cara.

“Hoje, por volta das 16h, eu e três amigos estávamos tranquilamente conversando na praia, quando tudo aconteceu. Um grupo de cerca de 25 homens da Guarda Municipal passou na nossa frente e logo mais adiante, adentrou na parte da praia de Ipanema que costuma ter mais movimento, um lugar conhecido como ‘Coqueirão’. Eram muitos guardas que olhavam em volta, procurando algum vestígio, algum rastro de alguma coisa que nem nós, nem provavelmente eles, sabiam identificar.

Passado pouco mais de dois minutos, começou um princípio de confusão, que rapidamente virou uma confusão generalizada. Como tudo começou, não é possível dizer. O fato é que quando os guardas municipais quiseram levar um jovem, aplicando uma ‘gravata’ no seu pescoço, as pessoas espontaneamente se rebelaram contra aquilo que elas julgavam uma injustiça, ou pelo menos, uma ação totalmente desmedida. Eram côcos voando pelo alto e cadeiras e barracas sendo arremessadas em direção aos guardas. Estes, por sua vez, revidaram com cacetetes, mas não conseguiram resistir ao poder da fúria da multidão e foram obrigados a ‘fugir’ em direção ao calçadão. Lá, ficaram perfilados lado a um lado, enquanto do lado oposto, mais ou menos 40 jovens perfilavam-se na parte final da areia. Um clima de enfrentamento se estabeleceu. Jovens xingavam os guardas, tacavam coisas e estes respondiam tacando as coisas de volta.

(..) este episódio foi uma manifestação espontânea, que assim como muitas outras ocorridas na história, opõe apenas lados perdedores. Tanto os banhistas que estavam na praia, que se revoltaram a respeito de algo que consideravam injusto, quanto os guardas municipais, que são obrigados a cumprir com ordens superiores e praticar atos de injustiça por apenas 1.270 reais por mês. Talvez um historiador, daqui a 80 anos, queira explicar a ‘Batalha da Praia de Ipanema’, ocorrida em 9 de outubro de 2012. E ele vai ter que responder: a culpa é de quem?”

Publicado em 10/10/2012, em Coisas, Notícias e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: