Arquivos do Blog

Um filme para Elliot Smith…

HeavenAdoresYou_ElliottSmith3

Na próxima semana vai rolar durante o Festival de Cinema de San Francisco a premiere de “Heaven Adores You”, documentário de Nicholas Rossi, sobre a vida de Elliot Smith.
Meio que o Nick Drake da minha geração, a imagem de Smith parece que se consolidou mais depois de sua estranha morte em 2003. Apesar da comparação quase inevitável, a distância entre o “River Man” de quatro décadas atrás e o “Figure 8” dos anos 90 é larga. Enquanto Drake se isolava numa depressão quase incapacitaste, Elliot amargava um olhar triste melancólica sobre uma vida excessiva e tumultuada. O doc, que foi produzido pelo Kickstarter desde 2011, promete materiais inéditos e entrevistas com amigos e a irmã de Elliot Smith.

Saca aí o teaser e depois o “Lucky Three: An Elliott Smith Portrait”, um curta com cenas do XO em estúdio, que parece render o mesmo clima…

Um filme para a Power Glove, a vovó dos kinetic games

1368378429096

Em 1989 a Nintendo dava um passo para o futuro dos games e dois para a frustração dos gamemaníacos. Para turbinar as vendas do NES a gigante japonesa lançou a Power Glove um controle sensível ao movimento e precussora dos jogos sem joystick. Apesar de ser vendida à época por menos de US$ 100,00, a complicação pra usar o equipamento e a baixa popularidade dos jogos compatíveis abandonou o brinquedo no fracasso comercial. Mas, numa época de consumo retrô, eis que a Power Glove ressurge e vai até ganhar documentário.
Nesses mais de 20 anos, muita gente ainda se dedicou à luva da Nintendo e deu a ela novas utilizações, desde acessório fashion, até player de música, como fez o DJ SideBrain.
Agora um trio de nerds viciados em games resolveu fazer um documentário pra homenagear “a luva”. O doc tá em produção, parece que “The Power of Glove” sai ainda esse ano e promete…

Um filme para Ulay

Ulay

Sem data definida, mas ainda este ano, deve sair das mãos do diretor esloveno Damjan Kozole o documentário sobre a vida e obra do artista performático alemão, Ulay. Hoje com 70 anos, Frank Uwe Laysiepen, que enfrenta um câncer desde 2011, tem seu nome colado à Marina Abramovich. O documentário The Artist Is Present, lançado ano passado rendeu extensas homenagens à Marina e carregou junto o nome de Ulay. Os dois, que foram casados e produziram exaustivamente de 1976 à 1989, protagonizaram uma das cenas mais bonitas e simbólicas da arte contemporânea, quando se reencontraram durante a mais recente exposição de Marina no MOMA, em 2010. A cena, que sintetizou a vida e a obra de Marina, deu a deixa para entrarmos na vida de Ulay. O trailer já tá aí…

Pra quem ainda não a viu a cena de Ulay e Marina, saca aí e se anima pra ver o doc. Além de bonita vai tornar isso ainda mais profundo. Aí vai o torrent…

© 2010 Scott Rudd www.scottruddphotography.com scott.rudd@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: